Gamagrafia de uma TAG RFID

                        Índice do Blog 

O objetivo desta postagem é mostrar o ensaio de gamagrafia de uma TAG RFID usando uma minúscula e segura fonte de radiação Gama de Amerício-241.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini


Veja o princípio de funcionamento da gamagrafia nesta postagem:
Gamagrafia
https://potassio-40.blogspot.com/2019/02/gamagrafia-01.html


A exposição deste ensaio teve duração de 17 dias e a distância da fonte de radiação até o filme foi de 13 mm.

Essa TAG de proximidade RFID opera na frequência de 13,56 MHz.

Filme, depois de revelado:


Podemos ver os fios da bobina acopladora (círculo branco) soldados a uma pequena placa que contém o chip de controle.     


Aquele ponto branco, à direita, pode ser um fragmento de solda perdido dentro da TAG.

Veja também:

Radiação Gama do Amerício-241
https://potassio-40.blogspot.com/2019/01/radiacao-gama-do-americio-241.html

µA723 
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/no-comeco-da-decada-de-1970-foi-criado.html

Comentários

  1. Leo, onde você deixa o Amerício-241 armazenado com segurança? Em uma caixa de chumbo? Abraço

    ResponderExcluir
  2. Na mesma lata usada na gamagrafia, a radiação que escapa pela parede de aço é muito fraca.
    Comparando, a válvula SBM-20 detecta mais radiação em 100 g de sal light (por conta do potássio) que do lado de fora da lata.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Radioatividade do filamento da Magnétron

Chumbo na fumaça

A radioatividade do Granito

Radioatividade na lâmpada fluorescente 2

Índice do Blog:

Joule Thief

Kit de Química