Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2017

#047 - Radioatividade na lâmpada fluorescente #2

Imagem
                                          Índice do Blog O objetivo deste ensaio e verificar se o bulbo da lâmpada fluorescente compacta de 30W é radioativo.   Escrito e desenvolvido por Léo Corradini Eventualmente as lâmpadas fluorescentes podem conter em seu interior pequenas quantidades de um desses três isótopos radioativos: - Criptônio-85, gás nobre com meia-vida de 10,8 anos e emissor de radiação Beta. - Promécio-147, com meia-vida de 2,6 anos e emissor de radiação Beta. - Trítio (Hidrogênio-3), gás com meia-vida de 12,3 anos e emissor de radiação Beta. A finalidade dessas adições é criar ionizações no gás que preenche a lâmpada, geralmente argônio a baixa pressão com um pouco de mercúrio, para facilitar o acendimento. Neste segundo ensaio usei a válvula Geiger-Müller americana LND-712, mais sensível que a ucraniana modelo SI-3BG, e o bulbo de uma lâmpada maior. Coloquei uma capa de plástico para proteger a janela de mica da válvula Geiger porque, neste ensa

#046 - Kit de Química da John Adams

Imagem
                        Índice do Blog O objetivo desta postagem é apresentar o manual de instruções de um excelente kit de química.   Escrito e desenvolvido por Léo Corradini Este kit além de ser o mais bonito vendido atualmente no Brasil é mais centrado em ensinar a química, as reações escolhidas para outros kits privilegiava mais os efeitos visuais.      Ele foi projetado na Inglaterra pela empresa John Adams e produzido na China, porém é distribuído no Brasil com o manual e a maior parte da embalagem em português. O manual de instruções: Também é vendido pela internet, mas apesar de todos os reagentes estarem na forma de sal eu recomendo não comprar por essa via porque algum reagente pode vazar e vai ser complicado fazer a troca . Na loja, você pode verificar se tudo está em ordem, a caixa não é lacrada. Entre em contato com SAC da empresa para saber onde comprar: sac@newtoysbrinqued

#045 - Radioatividade na lâmpada fluorescente #1

Imagem
                                          Índice do Blog O objetivo deste ensaio e verificar se a lâmpada fluorescente é radioativa usando a válvula Geiger-Müller russa SI-3BG.   Escrito e desenvolvido por Léo Corradini Eventualmente as lâmpadas fluorescentes podem conter um pouco do gás nobre e radioativo Criptônio-85 com meia-vida de 10,8 anos e emissor de radiação Beta. Montei a válvula Geiger no centro da lâmpada. Placa eletrônica geradora da polarização de 400V e condicionadora dos pulsos. Válvula Geiger-Müller russa modelo SI-3BG Veja detalhes do projeto da placa eletrônica aqui: https://potassio-40.blogspot.com.br/2017/11/contador-geiger-muller.html Modificações para funcionar com a válvula SI-3BG:  https://potassio-40.blogspot.com.br/2017/12/indice-do-blog-o-objetivo-deste-ensaio.html O primeiro ensaio foi para determinar a radiação de fundo.  A radiação de fundo é o resultado da radioatividade natural do ambiente, ela é composta basi

#044 - Radioatividade do adubo NPK 04-14-08

Imagem
                                      Índice do Blog Este ensaio tem como objetivo verificar a radioatividade do adubo NPK 04-14-08, composto por 4% Nitrogênio - 14% Fósforo - 8% Potássio.   Escrito e desenvolvido por Léo Corradini Assim como no granito o fosfato mineral, usado como adubo, contém pequenas quantidades de Urânio e Tório que o torna particularmente radioativo. Usei o contador Geiger modificado para totalizar os pulsos gerados pela válvula Geiger-Müller modelo LND-712. O tempo de amostragem foi de 24 horas, que permite médias mais consistentes, de 1 kg de adubo. O resultado do ensaio foi de 34,71 CPM (Contagens Por Minuto), a radiação de fundo é 20,75 CPM. Confesso que fiquei impressionado com o valor obtido. A título de comparação, o contador Geiger sobre a pia de granito mostra 44,1 CPM.  Análise do resultado: Considerando que 1 kg de Cloreto de Potássio (52,6% de Potássio) produz 52,89 CPM em um ensaio semelhante e que esse adubo tem 8% de Potáss

#043 - Radioatividade do Granito com a válvula SI-3BG

Imagem
                                        - Índice do Blog O objetivo deste ensaio e determinar a sensibilidade da válvula Geiger-Müller russa SI-3BG para a radioatividade do granito, ardósia e eletrodo de solda TIG toriado.   Escrito e desenvolvido por Léo Corradini Placa eletrônica geradora da polarização de 400V e condicionadora dos pulsos. Válvula Geiger-Müller russa modelo SI-3BG Veja detalhes do projeto da placa eletrônica aqui: https://potassio-40.blogspot.com.br/2017/11/contador-geiger-muller.html Modificações para funcionar com a válvula SI-3BG:  https://potassio-40.blogspot.com.br/2017/12/indice-do-blog-o-objetivo-deste-ensaio.html O primeiro ensaio foi para determinar a radiação de fundo.  A radiação de fundo é o resultado da radioatividade natural do ambiente, ela é composta basicamente pela radiação do radônio e carbono-14 presentes na atmosfera, também por múons produzidos na alta atmosfera e outros elementos radioativos que contaminam tod

#042 - Radioatividade do filamento da Magnétron #1

Imagem
O objetivo deste ensaio é detectar radioatividade no filamento da válvula magnétron usada para gerar as micro-ondas dos fornos. Escrito e desenvolvido por Léo Corradini Para aumentar a eficiência da emissão de elétrons, uma pequena quantidade de óxido tório é adicionado ao tungstênio do filamento da magnétron. Formando o chamado filamento de tungstênio toriado.  Para fazer esse ensaio usei um contador Geiger especialmente projetado que permite totalizar os eventos de radiação detectados pela válvula Geiger-Müller. Dessa forma, podemos fazer medidas de longa duração, tipicamente 24 horas, que são mais precisas e permitem detectar os valores baixos de radioatividade da pequena quantidade de tório eventualmente presente no filamento. Esse contador é constituído por uma válvula Geiger-Müller modelo LND712 que tem uma janela de mica e permite também a detecção de partículas Alfa. A eletrônica do contador gera os 500V necessários para polarizar a válvula Geiger, ela ta