Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2020

#152 - Detectando a radiação Gama do Amerício-241 com o fotodiodo BPW34

Imagem
                      Índice do Blog O objetivo desta postagem é mostrar a eletrônica necessária para que o fotodiodo PIN BPW34 detecte a radiação Gama emitida pelo Amerício-241 e outras fontes. Escrito e desenvolvido por Léo Corradini O fotodiodo PIN de Silício BPW34 tem uma área sensível relativamente grande (7,5 mm²) o que torna ele particularmente interessante para detectar radioatividade.  Em função dessa grande área, a probabilidade de um fóton Gama estimular a junção PN aumenta bastante.  Além disso, o diodo PIN tem uma região intermediária entre as regiões "P" e "N" chamada intrínseca, daí o nome "Diodo PIN", essa região de volume maior também aumenta as chances de interação com os fótons. Esse diodo foi projetado para funcionar na região visível e infravermelha do espectro.  O gráfico, retirado do datasheet da Vishay, mostra a sensibilidade relativa/comprimento de onda. Podemos ver que o BPW34 é mais sensível na região do infr

#151 - Radioatividade na tela do Smartphone #2

Imagem
                        Índice do Blog O objetivo deste segundo ensaio é detectar radioatividade na tela do smartphone desligado usando a válvula Geiger-Müller SBM-20.  Escrito e desenvolvido por Léo Corradini                                           Teoria do ensaio: O touchscreen tipo capacitivo do smartphone usa um material condutor e transparente composto por óxido de índio dopado com estanho. O metal índio é composto por dois isótopos: - Índio-113 - 4,28% - estável - Índio-115 - 95,72% - radioativo  Emite radiação Beta com meia-vida de 4,41 × 10^14 anos transformando-se em Estanho-115 estável. No primeiro ensaio usei a válvula Geiger-Müller LND-712: https://potassio-40.blogspot.com/2018/06/radioatividade-na-tela-do-smartphone.html                               Ensaios: Foram feitos cinco ensaios, sendo três da radiação de fundo (1) , e dois da tela de um smartphone. As medidas da radioatividade foram feitas usando um contador Geiger (2) com um total

#150 - Transistor de Germânio AF126

Imagem
                Índice do Blog Os primeiros transistores comerciais eram muito delicados, podiam parar de funcionar apenas com uma leve pancada. O rendimento da produção era muito baixo, não raro apenas 1% funcionava. Eles nasceram a partir do Germânio muito purificado. Mas, melhoram muito e dominaram várias áreas da tecnologia, principalmente quando o Germânio foi substituído pelo Silício. Ainda é possível encontrar transistores de Germânio em estoques antigos de tradicionais lojas de material eletrônico. A foto mostra o interior do transistor para RF de Germânio AF126 fabricado na década de 1970 pela Philips. Ele apresenta características incomuns para um transistor de Germânio: Beta = 150 e frequência de transição = 75 MHz. Naquele tempo, a China nem sonhava em produzir componentes eletrônicos. Escrito e desenvolvido por Léo Corradini O transistor de germânio AF126 foi produzido em dois formatos. No início da década de 1960 foi lançado o AF116 que tinha o i

#149 - Zinco nos Alimentos

Imagem
                         Índice do blog Escrito e desenvolvido por Léo Corradini O zinco é essencial para o bom funcionamento do nosso sistema imunológico. Dose de Zinco diária recomendada  (2) Existe um teste simples que permite saber se uma pessoa tem deficiência de zinco no organismo. Mas, devo deixar bem claro que se trata apenas de uma curiosidade , até onde eu sei, ainda não tem fundamentação científica consolidada. Teoria do teste: A diminuição da acuidade gustativa (hipogeusia) tem sido associada à deficiência de zinco em humanos e animais.  Esse fenômeno foi explorado no teste de gosto de zinco que ficou famoso depois que a revista The Lancet publicou um artigo sobre o assunto. Um teste de acuidade do sabor que caiu nas graças de naturopatas australianos.  No entanto, sua validade ainda não foi firmemente estabelecida (3) . Reagente usado: Solução com 100 mg de sulfato de zinco heptahidratado PA (ZnSO4.7H2O) em 100 mL de água destilada.