Postagens

Cristais de Vitamina C

Imagem
Índice do Blog

O objetivo desta postagem é mostrar três cristais relativamente grandes que se formaram espontaneamente em uma solução que foi deixada na porta da geladeira.



Escrito e desenvolvido por Léo Corradini

A solução é composta por 5 gramas de vitamina C dissolvidas em 20 mL de água destilada.



A solução ficou no frasco de vidro escuro por um ano e meio.
Não sei quando os cristais começaram a se formar.

A intenção não era produzir cristais, mas foi uma surpresa muito agradável.



A solubilidade da vitamina C é 33 g/100 mL a 25°C.
Portanto, a solução 5g/20mL ou 25g/100 mL está próxima da saturação.

Certamente, na temperatura da geladeira (6°C), ela ficou super saturada e com forte tendência para a formação de cristais.



O que causa espanto é o tamanho dos cristais formados.
Confesso que nunca vi cristais de vitamina C tão grandes.



A cor amarelada é consequência da presença também de ácido deidroascórbico, forma oxidada do ácido ascórbico (vitamina C).

Brevemente, colocarei os cristais no polarím…

Fotômetro Vintage

Imagem
Índice do Blog

O objetivo desta postagem é apresentar um fotômetro vintage e detalhar um pouco a sua eletrônica.



Escrito e desenvolvido por Léo Corradini

Esse fotômetro funciona com uma célula LDR de sulfeto de cádmio. 


Exemplo de LDR de maior tamanho.



O galvanômetro está em ótimo estado, mas tem dois trimpots de carbono no circuito.



Geralmente, esse tipo de trimpot apresenta mau contato com o tempo.
Estou pensando em substituí-los por modelos de cermet.

Gambiarra com a pilha comum LR44 no lugar da RM625 de óxido de mercúrio para testar minimamente o fotômetro.



Fato, as pilhas alcalinas de óxido de manganês comuns (1,5V) não substituem as banidas de óxido de mercúrio (1,35V).



Como esse fotômetro funciona?

O circuito do fotômetro é de uma simplicidade franciscana e tem uma chave com três posições:


- Alta sensibilidade (0 a 9 - faixa branca)
- Baixa sensibilidade (10 a 18 - faixa amarela) 
- Teste da pilha.

Mais um chave de pressão para efetivar as leituras.



No modo "teste de pilha" o fotômet…

Fotografia com Filme Radiográfico

Imagem
Índice do Blog 

O objetivo desta postagem é mostrar fotos analógicas produzidas usando filme para a radiografia dos dentes.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini



Participou do primeiro teste uma antiga câmara fotográfica automática Yashica para filmes 35mm (saboneteira) ajustada para filme ISO 100.

Usei o filme AGFA Dentus E-Speed, suspeito que a sensibilidade fica em torno de ISO 100, ele é insensível na região do vermelho.



Fechei a abertura para a indicação do número da foto com uma folha de alumínio e fita colante dupla face.

Este tipo de filme tem emulsão sensível nos dois lados.



Porém, eles têm um pequeno ressalto que deve ser deixado para o lado de fora.



Se não, o filme será empurrado do encosto onde a imagem é focalizada, prejudicando a nitidez.

O filme radiográfico tem o tamanho ideal para encaixar logo abaixo da roda dentada que traciona o filme 35mm.



O filme deve ser retirado do envelope original e colocado na câmera no escuro total.


Usei o revelador e fixador próprios para esse tip…

Fuga de radiação do Gamógrafo

Imagem
Índice do Blog

O objetivo desta postagem é testar o vazamento de radiação através da carcaça de aço do gamógrafo.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini


Neste ensaio, usei a válvula ucraniana SBM-20 montada na plataforma do contador Geiger didático adicionado de um totalizador de pulsos.


O valor obtido, em cada ensaio, é o total de pulsos produzidos pela válvula no período de 60 minutos.

Como referência, também medi a radioatividade de 100 g de sal light e a radiação de fundo.

Primeiro ensaio, totalização dos pulsos produzidos pela válvula SBM-20 polarizada com 400V sobre 100 g de sal light, resultou 6416 pulsos.


Segundo ensaio, sobre a tampa do gamógrafo resultou 2978 pulsos.


Terceiro ensaio, radiação de fundo resultou 1500 pulsos.


Quarto ensaio, na base do gamógrafo resultou 5634 pulsos.


Montei duas folhas finas de chumbo dentro do dispositivo para simular a presença do filme radiográfico.


Conclusão:

O vazamento de radiação do gamógrafo é muito pequeno e está abaixo do produzido por 100 g de …

Gamagrafia de uma TAG RFID

Imagem
Índice do Blog 

O objetivo desta postagem é mostrar o ensaio de gamagrafia de uma TAG RFID usando uma minúscula e segura fonte de radiação Gama de Amerício-241.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini


Veja o princípio de funcionamento da gamagrafia nesta postagem:
Gamagrafia
https://potassio-40.blogspot.com/2019/02/gamagrafia-01.html


A exposição deste ensaio teve duração de 17 dias e a distância da fonte de radiação até o filme foi de 13 mm.

Essa TAG de proximidade RFID opera na frequência de 13,56 MHz.

Filme, depois de revelado:


Podemos ver os fios da bobina acopladora (círculo branco) soldados a uma pequena placa que contém o chip de controle.     


Aquele ponto branco, à direita, pode ser um fragmento de solda perdido dentro da TAG.

Veja também:

Radiação Gama do Amerício-241
https://potassio-40.blogspot.com/2019/01/radiacao-gama-do-americio-241.html

µA723
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/no-comeco-da-decada-de-1970-foi-criado.html