#181 - Radioatividade da Brita de Granito #1

O objetivo desta postagem é mostrar o ensaio para detectar radioatividade na brita de granito (1,7kg).

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini
 



Quem acompanha este blog já viu vários ensaios da radioatividade do granito, desta vez, testei a brita de granito.
Usei a válvula Geiger-Müller modelo SBM-20 que foi colocada no centro de 1,7kg de brita de granito comum.



Para proteger a válvula usei um tubo de plástico vazado que permite a passagem do radônio gerado pelo urânio presente nessa rocha.


Procedimento:

Foram seis ensaios, quatro da radiação de fundo e dois da brita de granito.
Os ensaios da radiação de fundo foram conduzidos com a válvula Geiger-Müller montada em pé dentro de uma garrafa PET para manter a válvula na mesma posição e reduzir a interferência pelo Radônio da atmosfera.
Usei o contador Geiger para níveis baixos de radiação (1).

Ensaio da radiação de fundo:


Ensaio da radiação da brita de granito:


Resultados:


Conclusões:

Os resultados demonstraram que a brita é radioativa.
Neste ensaio também ocorreu, em menor escala, o fenômeno mostrado no experimento com a moringa de argila (2).
Perceba que a válvula estava fracamente radioativa ao sair do interior da brita.
A explicação para esse fato é que o Radônio emitido pelo granito produziu filhos que se depositaram na superfície da válvula SBM-20, tornando ela radioativa por um tempo!
Acredito que a radiação Beta e Gama principalmente do Chumbo-214 e Bismuto-214 causaram as contagens extras depois que a válvula foi retirada da brita.

Isso não é novidade, veja o ensaio da poeira radioativa (3).
 
Veja também:

Índice do Blog
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/blog-post.html

(1) Contador Geiger para baixos níveis de radioatividade
https://potassio-40.blogspot.com/2019/09/contador-geiger-para-baixos-niveis-de.html

(2) Radioatividade da Moringa de Argila #1
https://potassio-40.blogspot.com/2021/10/177-radioatividade-da-moringa-de-argila.html

(3) Radônio e a poeira radioativa
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/este-e-um-dos-meus-experimentos.html


Comentários

  1. Uma pergunta pertinente. Será que há muita variação da radiação conforme o tipo da brita? A que acha aqui na minha região é mais preta que essa que utilizou, que tem mas partes brancas.

    ResponderExcluir
  2. Ah... não se se está na lista, mas acho que seria interessante e curioso medir a radiação do cimento portland.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciano, testei a radioatividade do cimento portland e de vários tipos de granito, está no blog.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

#042 - Radioatividade do filamento da Magnétron #1

#037 - A radioatividade do Granito

#034 - Índice do Blog

#052 - Impressora Jato de Tinta

#023 - Joule Thief

#007 - Azul de Bromotimol

#038 - Chumbo na fumaça