#177 - Radioatividade da Moringa de Argila #1

O objetivo desta postagem é mostrar o ensaio para detectar radioatividade dentro de uma moringa de argila com capacidade para 2 litros.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini

Como demonstrado no primeiro ensaio (1) a argila apresenta uma pequena radioatividade.

Neste ensaio, medi a radioatividade interna de uma moringa com 1380 gramas de argila cozida. 
Desta vez, não foi necessário isolar a válvula SBM-20 porque ela ficou aproximadamente no centro da peça e a argila cozida é pouco condutora de eletricidade.

Procedimento:

Foram nove ensaios, sete da radiação de fundo e dois do interior da moringa.
Os ensaios da radiação de fundo foram conduzidos com a válvula Geiger-Müller montada em pé dentro de uma garrafa PET para manter a válvula na mesma posição e reduzir a interferência pelo Radônio da atmosfera.
Usei o contador Geiger para níveis baixos de radiação (2).

Ensaio da radiação de fundo:

Ensaio da radiação da moringa:

Resultados:

Conclusões:

Este ensaio, sem dúvida, foi muito interessante !

Os valores demonstram que a argila dessa moringa também é radioativa.
Mas, a grande novidade ficou por conta dos ensaios da radiação de fundo.
Perceba que a válvula saiu radioativa da moringa.
A explicação para esse fato é que o Radônio emitido pela argila produziu filhos que se depositaram na superfície da válvula SBM-20, tornando ela radioativa por um bom tempo!

 
Acredito que a radiação Beta e Gama principalmente do Chumbo-214 e Bismuto-214 causaram as contagens extras depois que a válvula foi retirada da moringa. 

Esse fato demonstra que a argila emite Radônio !

No próximo ensaio, tentarei medir o aumento da radioatividade da água colocada na moringa.
Podemos dizer que a moringa é uma espécie de Revigator (3) ou mesmo um Radium Emanator (4) de baixo custo !

Atenção: Diferentemente do Revigator e do Radium Emanator, a radiação da moringa é muito fraca para causar algum mal para a saúde !

Comparando:

100 gramas de sal light (50% de cloreto de sódio + 50% de cloreto de potássio) é mais radioativo que a argila da moringa.
 

Veja também:

Índice do Blog
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/blog-post.html

(1) Radioatividade da Argila
https://potassio-40.blogspot.com/2021/09/176-radioatividade-da-argila.html

(2) Contador Geiger para baixos níveis de radioatividade
https://potassio-40.blogspot.com/2019/09/contador-geiger-para-baixos-niveis-de.html

(3) Revigator
https://potassio-40.blogspot.com/2018/12/revigator.html

(4) Radium Emanator
https://potassio-40.blogspot.com/2019/11/radium-emanator.html



Comentários

  1. Interessante! Estou deveras curioso com o teste com a água da moringa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

#042 - Radioatividade do filamento da Magnétron #1

#037 - A radioatividade do Granito

#034 - Índice do Blog

#023 - Joule Thief

#038 - Chumbo na fumaça

#046 - Kit de Química da John Adams

#052 - Impressora Jato de Tinta