#141 - Radium Emanator

                  Índice do Blog

O objetivo desta postagem é mostrar mais um antigo dispositivo que deixava a água radioativa com a finalidade terapêutica.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini

Houve um tempo em que a panaceia da moda era a radioatividade.


Este dispositivo incomum, com aproximadamente 10 polegadas de altura, foi fabricado pela Radium Life, Inc. de Los Angeles entre 1927 e 1929.

O Radium Emanator foi projetado para ser colocado durante a noite na água, para que um suprimento pronto de água radioativa estivesse disponível no dia seguinte para beber. 
Parece ter sido feito de cimento misturado com minério de urânio.

Minérios de urânio emitem radônio, um gás radioativo que vai tornar a água também radioativa.

Ele prometia deixar a água com 2500 unidades Maches.

Águas minerais costumam ter na fonte ~ 10 Maches.
 

- 1 Mache equivale a 13,5 Bq/L, ou seja, 13,5 desintegrações nucleares por segundo por litro.

Naqueles tempos, acreditava-se que a radioatividade fazia bem para a saúde.

Ainda estávamos vivendo a curva de descobertas e aprendizado sobre radioatividade, portanto ninguém sabia ao certo o perigo envolvido.
Os vigaristas de plantão não iam perder a oportunidade de ganhar algum dinheiro.

Existe até hoje a crença de que pequenas doses de radiação podem agir como vacinas, deixando o organismo mais resistente para doses maiores, a famosa hormese.

Mas, é preciso lembrar que já temos vários elementos radioativos em nosso organismo e os dois principais são o Potássio-40 e o Carbono-14.

Assim, já estamos nativamente "vacinados" contra a radioatividade.

Veja também:

Uma Panaceia chamada Radium

https://potassio-40.blogspot.com/2017/12/uma-panaceia-chamada-radium.html

Revigator

https://potassio-40.blogspot.com/2018/12/revigator.html



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

#042 - Radioatividade do filamento da Magnétron #1

#037 - A radioatividade do Granito

#034 - Índice do Blog

#023 - Joule Thief

#038 - Chumbo na fumaça

#046 - Kit de Química da John Adams

#052 - Impressora Jato de Tinta