#169 - Ouro dos Conectores #1

 O objetivo desta postagem é mostrar uma técnica para extrair a camada de ouro de conectores, terminais e PCIs usando reagentes com pH neutro.

Escrito e desenvolvido por Léo Corradini

 

A título de curiosidade, experimentei uma fórmula com pH neutro para dissolver camadas de ouro de sucatas eletrônicas.

Tipicamente, usa-se a mistura de ácido clorídrico e peróxido de hidrogênio ou apenas ácido nítrico para destacar essas áreas douradas da base de cobre.
Depois, as finas folhas de ouro são dissolvidas em água régia, mistura de três partes de ácido clorídrico com uma parte de ácido nítrico.
Para precipitar o ouro metálico usa-se metabissulfito de sódio.

Obviamente, essa atividade só dará retorno financeiro se for feita em escala muito grande.

Teoria do experimento:

A solução de ferrocianeto de potássio em água na presença da luz solar é capaz de dissolver o ouro. O pH fica em torno de 7.
O íon [Fe(CN)6]4- catalisado pela radiação ultravioleta libera o ácido cianídrico este, por sua vez, na presença do oxigênio forma com o ouro metálico o íon [Au(CN)2]-.


Fórmula:

Dissolvi um grama de ferrocianeto de potássio (K4[Fe(CN)6].3H2O) em 10 mL de água destilada.

Procedimento:  

Coloquei alguns pinos de bronze dourado na solução e deixei exposto à luz solar por algumas horas. Agitei a cada 10 minutos para dissolver o oxigênio do ar na solução. O ouro dissolveu-se mostrando a camada de níquel dos pinos. A camada de níquel é usada para dar suporte a camada de ouro. A diferença de peso com e sem o ouro das doze peças foi de 1,6mg ou 0,133mg/pç.

 

A solução adquiriu uma cor amarela mais intensa.

 

Para testar a presença de ouro na solução, coloquei algumas gotas da mistura de cloreto estanhoso e ácido clorídrico numa amostra e obtive o chamado "Purple of Cassius".

Depois de 24 horas, formou-se um precipitado que acredito ser de hidróxido de ferro.


Conclusão:

O experimento foi um sucesso.  Ainda não sei o motivo da formação do hidróxido de ferro. Aparentemente, algum ferro é totalmente retirado do complexo [Fe(CN)6]4-.

Agora, tenho que desenvolver métodos para voltar o ouro à forma de metal.

Dois possíveis caminhos:

- Adicionar zinco metálico na solução. O zinco reage com o complexo [(CN)2]- liberando o ouro metálico.

Emergi essa lâmina de zinco por uma hora na solução e obtive um depósito de ouro.


- Depositar galvanicamente o ouro através de uma corrente elétrica.

 O ferrocianeto de potássio ou de sódio são substâncias de baixa toxicidade e muito usadas como antiumectante no sal de cozinha.

Forma alternativa de exposição à radiação usando LEDs ultravioleta.

Veja também:

Índice do Blog
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/blog-post.html

Antiumectante no sal comum
https://potassio-40.blogspot.com/2017/11/ensaio-para-detectar-o-antiumectante.html

 

Comentários

  1. Olá , gostei muito do seu experimento. Fiquei com uma dúvida se a solução não irá dissolver outros metais nobres. E o retorno para ouro metálico qual seria seu grau de pureza. Esse estudo é muito importante para área de ourivesaria. Qualquer novidade se puder avisar . Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  2. Esse processo é específico para retirar a camada de ouro puro de conectores eletrônicos. Porém, acredito que dissolva também a prata. Vou testar.

    ResponderExcluir
  3. Excelente método, Léo. Ao mencionar "luz solar", é a componente ultravioleta que atua ativamente na solução? Caso afirmativo, se o comprimento de onda for semelhante ao dos apagadores de antigas memórias EPROM, esse processo poderia ser acelerado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Rafael, os apagadores de EPROM são ótimas alternativas !

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

#042 - Radioatividade do filamento da Magnétron #1

#037 - A radioatividade do Granito

#034 - Índice do Blog

#023 - Joule Thief

#038 - Chumbo na fumaça

#046 - Kit de Química da John Adams

#052 - Impressora Jato de Tinta