Faseolamina

                              Índice do Blog

O objetivo deste ensaio é testar três amostras de extrato de faseolamina.



Escrito e desenvolvido por Léo Corradini

Teoria do ensaio:

A faseolamina é uma proteína encontrada nos feijões (Phaseolus vulgaris L.) em particular no feijão branco e tem a propriedade de inibir a ação da enzima Alfa-amilase.

A Alfa-amilase está presente em nosso sistema digestivo, inclusive na saliva, e tem a função de quebrar os amidos tornando-os mais digeríveis.

Assim, a faseolamina tem sido usada no controle da obesidade e da diabetes por reduzir a ação da Alfa-amilase na digestão dos amidos.

Neste primeiro ensaio vou testar três amostras de extrato de faseolamina encontradas no comércio.
Uma amostra foi produzida na Índia e outras duas na China.

Minha estratégia foi tingir uma solução de amido com o iodo, dessa forma ele fica azul, em seguida coloquei um pouco de saliva e observei a mudança de cor.

A Alfa-amilase, presente na saliva, quebra o amido em moléculas menores desfazendo a cor azul deste.

Reagentes usados:

- Três amostras de faseolamina do comércio

- Solução de amido solúvel 0,5%

- Solução de iodo composta por 30mg de iodo resublimado mais 1g de iodeto de potássio em 30 mL de água destilada.

- Saliva




Procedimento:

São 8 tubos de ensaio, todos receberam 7 mL de água destilada mais três gotas da solução de amido. 

- O primeiro tubo, a partir da esquerda, recebeu 3 gotas da solução de iodo.

- O segundo tubo recebeu 20 gotas de saliva mais 3 gotas de iodo.

- O terceiro tubo recebeu 10mg da amostra de faseolamina da Índia mais 3 gotas de iodo.

- O quarto tubo recebeu 10mg da amostra de faseolamina da Índia mais 20 gotas de saliva mais 3 gotas de iodo.

- O quinto tubo recebeu 10mg da primeira amostra de faseolamina da China mais 3 gotas de iodo.

- O sexto tubo recebeu 10mg da faseolamina da China mais 20 gotas de saliva mais 3 gotas de iodo.

- O sétimo tubo recebeu 10mg da segunda amostra de faseolamina da China mais 3 gotas de iodo.

- O oitavo tubo recebeu 10 mg da segunda amostra de faseoamina da China mais 20 gotas de saliva mais 3 gotas de iodo.



Resultados:

O primeiro o segundo tubo são os ensaios de referência e o resultado foi como esperado.
A saliva quebrou o amido, no segundo tubo, e a solução ficou incolor.

O ensaio da amostra da faseolamina da Índia, terceiro e quarto tubo, foi igual ao ensaio de referência o que indica inatividade dessa amostra.

A primeira amostra da China, quinto e sexto tubo, mostrou alguma alguma atividade da faseolamina. 
Porém, houve interferência na cor típica do amido tingido com o iodo.

A segunda amostra da China, sétimo e oitavo tubo, também apresentou alguma atividade de bloqueio da Alfa-amilose, com alteração da cor típica.

Conclusão:

Esse método de ensaio tem potencial para determinar a atividade da faseolamina, mas precisa de alguns ajustes.

No próximo ensaio, usarei também um extrato dos feijões brancos e uma quantidade maior de faseolamina.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Radioatividade do filamento da Magnétron

Chumbo na fumaça

A radioatividade do Granito

Radioatividade na lâmpada fluorescente 2

Índice do Blog:

Joule Thief

Kit de Química